...e os sonhos? eram só sonhos...e a vida? a vida continua... e eu? eu sobrevivi...
...obrigada por afagar, com seu olhar e seu carinho meus escritos...

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Todas as manhãs...




Todas as manhãs,
vestida de poesia,
ela trilha estradas
a procura de sorrisos,
de mãos, de acenos
e sonha...

Todas as manhãs,
ela em pensamentos,
em esperanças se envolve
e devaneia...
Cria asas, voa,
flutua...

Todas as noites,
ela sepulta os sonhos
e adormece a chorar,
mas todas as manhãs,
ela, novamente,
volta a sonhar...
(ania)

2 comentários:

  1. Muito bonito, Ania, todas as manhãs volta a esperança...e ela acredita num novo sonho.
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  2. O sonho nunca pode morrer no nosso coração.
    Ania, Boas Festas e um Ano Novo repleto de saúde, alegria, sonhos realizados, paz e amor.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir

Seu comentário afaga minha alma...obrigada!